Hazera – Desenvolvendo os tomates do amanhã

Entrevista com o Gerente Global de Tomate da Hazera, Yaron Giras

Muitos de nós nos lembramos de ir ao supermercado quando crianças e ver apenas um tipo de tomate nas gondolas do setor de hortifrúti. Em vários locais da Europa e Estados Unidos estes dias se foram. E uma das empresas responsáveis por esta mudança é a Hazera.

RoY_0340-233x300“Hoje se você entrar em um supermercado na Holanda ou Califórnia, provavelmente encontrará 15-20 tipos de tomate”, diz Yaron Giras, Gerente Global de Tomate da Hazera.

A Hazera é uma das líderes globais da indústria de sementes de hortaliças e possui 10% do mercado mundial de sementes de tomate de mesa. A empresa comercializa sementes de outras culturas, mas tomate é sua especialidade, e representa em torno de 25% do negócio da empresa, que é a líder no mercado de tomate em Israel e atua fortemente nos mercados do México, Estados Unidos, Espanha, China, Turquia e Grécia.

A Hazera investe amplamente em pesquisa e desenvolvimento de novas variedades de tomates. De acordo com Giras, a empresa investe mais de 15% de sua receita em P&D e mantem muitas equipes e diferentes programas de melhoramento, além de dezenas de pesquisadores, todos dedicados em oferecer aos consumidores tomates com mais sabor.

Então quais são as últimas tendências, o que o mercado realmente está buscando nos novos tomates? “Está tudo relacionado ao sabor”, diz Giras. “O mercado está muito focado em obter variedades de tomates saborosos. As necessidades dos consumidores estão no centro de tudo que fazemos. Hoje o conceito de alimentos na perspectiva do consumidor tem mudado. Comida não é mais apenas uma necessidade básica, mas está relacionada a qualidade de vida, lazer e entretenimento. Há também um desejo por variedades diferentes em cores, formatos e tamanhos, que se destaquem nas prateleiras dos supermercados.

Outra tendência é o plantio de variedade tipo “grape”, que é um tomate pequeno e ovalado. Este é um dos segmentos mais fortes e crescentes na Hazera.

Maggie-150x150
Maggie

A Hazera está expandindo sua atuação, indo além dos mercados onde já é líder, com atuação mais recentemente na África, especialmente Etiópia, Quênia e Zimbábue. Segundo Giras, o mercado africano está crescendo e mudando de variedades OP (de polinização aberta) para variedades de tomates híbridos, que são mais estáveis, mais resistentes e com melhor produtividade, e que já são realidade na América e na Europa.

Whitney
Whitney

Falando em P&D, a Hazera lançou recentemente 3 novas variedades híbridas – Maggie e Goutine que são duas variedades muito saborosas e o Whitney que é um tomate tipo cereja. “Nós trabalhamos estes novos tomates de forma a obter o melhor sabor possível atendendo à demanda do mercado. “As respostas das novas variedades têm sido fantásticas, ” conclui Giras. “Nós esperamos que estas novas variedades sejam um sucesso em todo o mundo. Também esperamos trazer cada vez um número maior e melhor de variedades aos consumidores através de nossas continuas atividades de pesquisa e desenvolvimento.