HORTITEC 2018

A Hazera teve uma concentração de visitas muito grande durante a Hortitec, com um público bastante seleto, profissionais realmente interessados no negócio. Este foi o motivo da maior satisfação de Beto Bittencourt, gerente geral da empresa no Brasil. “A Hortitec é uma oportunidade de fazer a prospecção de novos parceiros e ponto alto para a demonstração de tecnologias e performance dos produtos da Hazera no mercado”, diz.

A empresa levou para a Hortitec toda a sua linha comercial. Por ser muito focada em tomate, cebola e melancia, estas principais culturas foram expostas durante o evento, além de pimentão, alface, rabanete e outras, ou seja, tudo que a Hazera tem para oferecer ao mercado nacional nesse segmento.

A Hazera trabalha muito em cima de inovação, então, além de tecnologia e qualidade que todas as empresas do segmento têm, ela costuma ser pioneira também em inovação das características e demandas de mercado. “Somos muito fortes em desenvolver variedades com tipos, tamanhos, cores e sabores diferenciados, o que tem sido um grande diferencial da Hazera, não só no Brasil, mas no mundo todo”, pontua Beto Bittencourt. Exemplo trazido para a feira foi o tomate cereja amarelo Summersun, variedade muito doce além de produtiva. A campanha de marketing “Compartilhe um sorriso Summersun”, fez grande sucesso entre os visitantes.

Para ele, a Hortitec é de extrema importância para o setor de hortaliças no Brasil. “Acreditamos que o mercado deve retomar seu crescimento no curto prazo e que nos próximos anos seja mantida essa tendência. E quando pensamos em saúde e segurança alimentar, ainda há muita coisa para ser feita no Brasil. Por isso, mais importante do que vender produto é entender que fazemos parte de uma cadeia que vende conceito, saúde e desenvolvimento social”, conclui.